Age Defender Cream

40,00 

Um creme facial hidratante com ácido hialurónico e extrato de Baobá. A sua fórmula, enriquecida com um complexo antioxidante de vitaminas C e E, protege a pele das agressões diárias e dos radicais livres, mantendo-a jovem e hidratada.

Apresentação: frasco airless de 50 ml

REF: 702-1 Categorias: , ,

Informações Complementares

Após a limpeza cuidadosa do rosto, aplique uma quantidade suficiente do produto no rosto com uma massagem delicada e finalize o ritual com o Hydra Energy Serum.

Aqua, Dicaprylyl carbonate, Caprylic/capric triglyceride, Cetearyl isononanoate, Sodium polyacrylate, Glycerin, Hydrolyzed adansonia digitata extract, Sodium ascorbyl phosphate, Pogostemon cablin leaf oil, Sodium hyaluronate crosspolymer, Tocopheryl acetate, Panthenol, Ceteareth-20, Cetearyl alcohol, Phenoxyethanol, Glyceryl stearate, Ceteareth-12, Cetyl palmitate, Ethylhexylglycerin, Pentylene glycol.

Apesar de integralmente sustentada em fontes de referência com reconhecido valor e prestígio nacional e internacional, a informação contida nestas páginas não pode ser considerada como exaustiva ou, apesar de todos os esforços de melhoria contínua, isenta de incorrecções inadvertidas. As plantas e seus derivados utilizados na preparação de cosméticos e suplementos alimentares têm efeitos nutricionais, e podem interagir com medicamentos e outros suplementos. A sua inclusão em produtos para consumo humano obriga à prévia determinação de segurança, porém, essa segurança depende de uma utilização responsável. A Spell One e Biovip não assume qualquer responsabilidade por problemas decorrentes da má utilização da informação disponibilizada. Se precisar de aconselhamento específico, deverá recorrer diretamente a um profissional devidamente qualificado.

Principais Ingredientes

O Ácido Hialurónico, também conhecido por Hialuronato de Sódio, é um glucosaminoglicano natural formado pela ligação de glucosamina com ácido glucorónico. Ocorre naturalmente em vários tecidos e fluidos do corpo, mas principalmente na cartilagem articular e no fluido sinovial, sendo o principal responsável pela sua elevada viscosidade e propriedades lubrificantesprotetoras e amortecedoras na articulação. Sendo também abundante na pele e estando presente em tendões e cavidades serosas. É sintetizado principalmente por fibroblastos e queratinócitos, sendo que os condrócitos dependem dele para deposição da matriz da cartilagem e foi sugerido que desempenhe também um papel na fecundação e imunorregulação.

O Ácido Hialurónico desempenha um papel multifacetado na regulação de diversos processos biológicos, nomeadamente na reparação da pele e regeneração de tecidos. Considerado um humectante por excelência, possui elevada capacidade para absorção de água e consegue penetrar nas camadas superiores da epiderme, permitindo aumentar a coesão entre as células e assim proteger a pele de fenómenos de desidratação, tendo vindo a ser empregue como um dos componentes imperativos em produtos cosméticos e nutricosméticos. Entre as suas funções biológicas incluem-se a retenção de água na matriz, hidratação de tecidos, homeostasia da água, lubrificação, transporte de solutos, migração, divisão e interação celular, adesão neutrófila, reabsorção óssea, cicatrização e agregação e adesão de glóbulos vermelhos. Para além disto, também tem sido usado em cirurgia oftálmica, diagnóstico de cancro, como anti-inflamatório e imunomodulador e no tratamento de articulações inflamadas.
A progressão da osteoartrite com a idade leva ao declínio de ácido hialurónico, motivo pelo qual tem sido usado no tratamento desta patologia, bem como no controlo de dores articulares.

Em suma, o Ácido Hialurónico, naturalmente presente em vários tecidos no corpo humano, tende a diminuir com a idade, como tal desempenha um importante papel na saúde articular, nomeadamente na lubrificação da cartilagem, como antioxidante, analgésico, anti-inflamatório, condroprotetor, evita a degradação da matriz extracelular e tem efeitos de reparação na cartilagem. Para além do seu papel cicatrizante, reparador e hidratante da pele.

Bibliografia

1. Bukhari SNA, Roswandi NL, Waqas M, et al. Hyaluronic acid, a promising skin rejuvenating biomedicine: a review of recent updates and pre-clinical and clinical investigations on cosmetic and nutricosmetic effects. Int J Biol Macromol. 2018.
2. Gupta RC, Lall R, Srivastava A, Sinha A. Hyaluronic acid: molecular mechanisms and therapeutic trajectory. Front Vet Sci. 2019.
3. Gelse K, Pöschl E, Aigner T. Collagens – structure, function, and biosynthesis. Adv Drug Deliv Rev. 2003.
4. Becker LC, Bergfeld WF, Belsito D V., et al. Final Report of the Safety Assessment of Hyaluronic Acid, Potassium Hyaluronate, and Sodium Hyaluronate. Int J Toxicol. 2009.

O baobá é a árvore mais adorada da África por causa de sua aparência distinta, lugar místico na tradição africana e espírito benevolente.

Normalmente, essa árvore chega a atingir mais de 30 metros de altura, tendo como suas duas características mais marcantes o seu tronco e galhos únicos. O tronco de um baobá é em formato de garrafa e super resistente, podendo atingir 20 metros de altura e 15 metros de diâmetro. Seus galhos tortos e volumosos se espalham horizontalmente, dando a impressão de que as raízes em forma de coroa da árvore estão direcionadas para o ar – daí o nome “árvore de cabeça para baixo”.

O óleo de baobá é obtido através da extração da semente da árvore e pertence à categoria dos óleos essenciais. Este óleo é rico em vitaminas A, D, E e F, antioxidantes e ômegas 3, 6 e 9, o que possibilita seus inúmeros benefícios aos nossos cabelos e pele.

Penetra na pele do nosso rosto e equilibra os lipídios ali presentes – proteção natural -, mantendo nossa pele ainda mais bonita e protegida.

O seu conteúdo, rico em ácidos graxos essenciais, faz dele um excelente protetor, nutritivo, suavizante, hidratante, calmante e regenerador, além de preservar a pele do envelhecimento precoce e prevenir o aparecimento de rugas.

Bibliografia:

1. Broin, M., & Macey, R. (2018). Baobab oil (Adansonia digitata): A review on the topic of a traditional African tree oil. Cosmetics, 5(2), 21.
2. Maranz, S., & Wiesman, Z. (2004). The composition and nutritional value of baobab products. Ecology of Food and Nutrition, 43(3), 279-296.
3. Banaszczak, P., & Górna, B. (2018). Characteristics of Adansonia digitata L. oil and its suitability for the production of cosmetic emulsions. Journal of Cosmetic Science, 69(1), 51-61.

Patchouli vem da palavra hindustana “pacholi”, que significa “cheirar”. Xales e tecidos indianos foram perfumados com óleo de patchouli nos anos 1800. Existem várias espécies de patchouli que são cultivadas no Brasil e em diferentes partes da Ásia, incluindo Índia, Indonésia, China e Malásia.

O óleo essencial de patchouli ajuda a acelerar o processo de cicatrização de cortes e feridas e também acelera o desaparecimento das cicatrizes através da regeneração celular.

Tem a capacidade de estimular as contrações musculares e, portanto, evita a perda de cabelo ou a flacidez da pele. Ele regenera novas células da pele, e isso mantém a pele jovem, saudável e vibrante. Também é ótimo para todos os tipos de pele – seca, gretada e oleosa ou com tendência a acne.

Bibliografia:

1. Fahlbusch, Karl-Georg, et al. “Patchouli oil.” Ullmann’s Encyclopedia of Industrial Chemistry (2013): 1-7.
2. Bruni, Renato, et al. “Chemistry, technology, and quality of patchouli (Pogostemon cablin Benth.) essential oil.” Journal of essential oil research 11.2 (1999): 137-148.
3. Sutar, Nirmala G., Shalaka K. Gogate, and Vishal P. Mandavkar. “The Review on Various Properties of Patchouli Oil.” Journal of Scientific and Innovative Research 4.1 (2015): 24-27.

Para a pele tem sido reconhecido como altamente benéfico por dermatologistas já que para a rotina de skincare é capaz de fornecer hidratação, efeito calmante e melhorar a textura da pele.

O pantenol também é chamado de pró-vitamina B5 e é uma forma de vitamina B5, naturalmente encontrada na pele e no cabelo.

Na verdade, a forma biologicamente ativa do pantenol, o ácido pantotênico, existe em todas as células vivasuma vez que é essencial para o metabolismo.

O pantenol como ingrediente cosmético tem muitos usos e sua eficácia tem sido verificada por especialistas que incluem uma capacidade eficaz de hidratação, efeito calmante e aumento da aparência da elasticidade da pele.

É um humectante, o que significa que é um agente hidratante que atrai água para a camada externa da pele (estrato córneo), de níveis mais profundos e do ar e, ao hidratar essa camada da pele, o pantenol exerce um efeito revitalizante que resulta numa pele mais suave e macia.

Melhora a função de barreira da pele o que ajuda a manter a integridade retendo a sua humidade logo é recomendado o seu uso em peles sensíveis e também pode fornecer suporte na redução da aparência do envelhecimento.

Bibliografia

1. Camargo, F., Gaspar, L. and Pm, M. (2011) “Skin moisturizing effects of panthenol-based formulations.”, Journal of Cosmetic Science, p.
2. Spada, F., Lui, A. and Barnes, T. (2019) “Use of formulations for sensitive skin improves the visible signs of aging, including wrinkle size and elasticity”, Clinical, Cosmetic and Investigational Dermatology, Volume 12, pp. 415-425. doi: 10.2147/ccid.s212240.

Um dos ativos mais utilizados na indústria cosmética, a vitamina C atua como um poderoso antioxidante, neutralizando os radicais livres que causam o envelhecimento da pele. O nutriente não apenas previne e minimiza rugas e linhas finas, como também reduz cicatrizes, aumenta a hidratação natural e estimula a produção de colagénio e elastina, melhorando a firmeza e combatendo a flacidez.

Tem a capacidade de incentivar a renovação celular. A consequência desta ação é a uniformização da textura e da tonalidade da pele, uma vez que o excesso de melanina é eliminado. Ela neutraliza os radicais livres – moléculas que, quando em excesso, atacam as células saudáveis, causando envelhecimento precoce. Atua como um filtro que impede a radiação solar de alcançar a pele. A melanina é a proteína responsável pelo aumento da pigmentação. Uma vez que a Vitamina C inibe a formação da mesma, contribuindo para uma pele com menos manchas.

Bibliografia

1. Farris PK. Cosmetical Vitamins: Vitamin C. In: Draelos ZD, Dover JS, Alam M, editors. Cosmeceuticals. Procedures in Cosmetic Dermatology. 2nd ed. New York: Saunders Elsevier; 2009. pp. 51–6.
2. Burke KE. Interaction of Vit C and E as better Cosmeseuticals. Dermatol Ther. 2007;20:314–9.
3. Geesin J, Darr D, Kaufman R, Murad S, Pinnell S. Ascorbic acid specifically increases type I and type III procollagen messenger RNA levels in human skin fibroblast. The Journal of Investigative Dermatology. 1988;90:420-424
4. Duarte T, Cooke M, Jones G. Gene expression profiling reveals new protective roles for vitamin C in human skin cells. Free Radical Biology & Medicine. 2009;46(1):78-8734.

Com alto poder antioxidante, a vitamina E contribui para aumentar a defesa da pele contra os radicais livres e as agressões externas, como a poluição, a radiação solar, as mudanças bruscas de temperatura, entre outros. Além do efeito fotoprotetor, também atua na hidratação, sendo um ótimo aliado para tratar peles sensíveis e prevenir o envelhecimento precoce.

Promove a integridade da pele e mantém as paredes celulares, aumentando a sua firmeza. Por isso, pode prevenir o envelhecimento precoce e o surgimento de rugas, melhora a cicatrização e algumas condições de pele. Combate o stress oxidativo e os radicais livres, restaurando as propriedades humidificantes naturais da pele diminuindo a perda transdérmica da água.

Bibliografia

1. Pekiner BD. Vitamin E as an antioxidant. J Fac Pharm, Ankara. 2003;32(4):243-267
2. Manela-Azulay M, Bagatin E. Cosmeceuticals vitamins. Clin Dermatol. 2009 Sep;27(5):469-474
3. Thiele JJ, Hsieh SN, Ekanayake-Mudiyanselage S. Vitamin E: critical review of its current use in cosmetic and clinical dermatology. Vol. 31, Dermatologic surgery : official publication for American Society for Dermatologic Surgery [et al.]. 2005
4. Burke K. Interaction of vitamins C and E as better cosmeceuticals. Dermatol Ther. 2007;20(5):314-321
5. Nachbar F, Korting H. The role of vitamin E in normal and damaged skin. J Mol Med. 1995;73(1):7-17

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Age Defender Cream”
Carrinho de Compras
Nós sabemos! É uma chatice. Infelizmente este produto não está disponível mas se colocar o seu endereço de email abaixo e carregar no botão nós avisamos quando existir stock!
Age Defender Cream
40,00 
Scroll to Top